domingo, 9 de novembro de 2008

Sobre Grafos e a Vida...

" Vivo num circuito euleriano, para onde quer que vá sei sempre de chegar a casa sã e salva, graças aos meus amigos que são como vertices de grau par, pois cada amigo meu vale por dois. Passo a vida a eulerizar o meu grafo, por outras palavras a acresecentar-lhe ruas e caminhos que nunca percorri para conseguir voltar para o sitio donde parti, mas às vezes perco-me pois o meu grafo não é dirigido, não tem sentido ou orientaçoes definidas, posso voltar para frente para trás para o lado as vezes que quiser sem me preocupar. Cada um traça o seu precurso da forma que bem lhe apetecer, pode utilizar métodos para encontrar o caminho mais curto, o caminho perfeito, alinha ideias,alinha quilómetros,números,escolhe os caminhos mais curtos e chega a um resultado mas nunca ao melhor. Ordena os caminhos por ordem crescente mas também nunca encontra o caminho perfeito. Eu cá vagueio ao sabor do vento que me arrasta para onde lhe apetece e acho que assim é que se conhece o caminho perfeito. A minha vida é uma árvore abrangente que contem todos os caminhos que conheço e aqueles que ainda ei de precorrer, tento alcançá-los todos pelo agloritmo de kruskal que ordena os caminhos por ordem crescente da distância mas nunca chego a nenhuma conclusão de geito. O meu crescimento é continuo,as mudanças acontecem a todo o instante. podemos dizer que tnho um crescimento exponêncial ditado por uma progressão geométrica, gosto de andar à frente de facto, mas às vezes parece que tenho um crescimento linear onde sou acorrentada pela progressão aritmética,e isso mete-me raiva."

in Miss Casanova

BRILHANTE! =)





Sem comentários: